sábado, 1 de janeiro de 2011

Para perdoar, considere o adversário igual a você.

Viva sem mágoas.

A mágoa, o ressentimento, tornam a imagem do adversário
sempre presente, acompanhando-o por onde for.

O perdão liberta, desprende o adversário da sua mente.
Transforma-o em uma entre as demais pessoas
que você gosta e, com isso, desaparece a
desigualdade e o estado de desconforto.

Para perdoar, considere o adversário igual a você.

Tem qualidades. Exalte-as.

O perdão sincero é uma acertada receita de paz.

2 comentários:

Luzia Stela disse...

Oi!
Meu nome é Luzia Stela, sou de Maringá-PR.
Gostei muito de seu blogger. Rico e ousado no Senhor e para o Senhor Jesus - graças a Deus!
Na verdade, não sabia em qual de seus posts comentar...
Espero um retorno no meu Blogger também, manter o contato.
Continue assim, usando dos meios para que a Palavra de Deus chegue a todos os povos. Tantos ainda desconhecem Essa Verdade.
A paz de Jesus e o amor da Mãe Maria!

Luzia Stela disse...

Oi!
Meu nome é Luzia Stela, sou de Maringá-PR.
Gostei muito de seu blogger. Rico e ousado no Senhor e para o Senhor Jesus - graças a Deus!
Na verdade, não sabia em qual de seus posts comentar...
Espero um retorno no meu Blogger também, manter o contato.
Continue assim, usando dos meios para que a Palavra de Deus chegue a todos os povos. Tantos ainda desconhecem Essa Verdade.
A paz de Jesus e o amor da Mãe Maria!