sábado, 17 de Outubro de 2009

EU FALEI COM DEUS

Em outra época eu diria, jamais conheci o amor, mas hoje, vendo o alegre despontar dos raios matinais em doirado esplendor, eu posso dizer que conheci e senti o amor.

Eu conheci o amor não por que o vi, mas por que o senti envolver-me em sua paz. Eu senti a presença do amor como quem sente a presença de Deus, e era Deus. Sim, eu senti Deus envolver-me em amor, senti o calor de suas mãos elevarem-me até a luz de sua face, de onde me mostrou a vida em formação. Eu vi a floração do amor e da semente germinada eu ouvi o lastimar da dor, que ali também fazia parte da vida.

E eu senti Deus na paz que estava em mim, e na sua paz eu reconheci o amor e no amor eu vi a luz que iluminava os prados florificando a esperança eternizada no amor, e eu falei com Deus.

Sim, eu falei com Deus, por que o seu amor estava em mim e das suas palavras nasciam abrolhos de vida, direcionando-me para o caminho a seguir, e eu vi o Seu caminho.

O caminho do amor.

Sem comentários: