domingo, 30 de Dezembro de 2007

Dizem que sou louca!!!

O seu amor está presente em mim
Carrego comigo o seu coração cheinho de paixão
Por onde ando ele vai comigo
Sinto o pulsar do seu amor em minhas veias

Na distância da sua ausência
Faço dormir a saudade
Sinto a ternura do abraço
Sinto a doçura do beijo

Sou despertada com a brisa
Silenciosa nas emoções da minha alma
Sinto em meu coração o sol que aquece
O luar que enobrece o amor e a paixão

Dizem que sou louca
Quando revelo que você em mim está
Em gargalhadas danço com a minha insensatez
Rodopio com a certeza de mesmo assim ser feliz

Sem falar, com o olhar sereno
respondo em silêncio
Só Deus e eu sabemos quanta sanidade existe
nesse amor certeiro, brejeiro, moleque e arteiro

Louco é quem nunca sentiu
Quem nunca viveu esse amor
Quem nunca galgou em sonhos
Quem nunca viu o encontro do Mar com a Lua

Para sentir esse amor
É preciso transpor o limite da sensibilidade
É preciso possuir a delicadeza como percepção
É preciso a beleza da conecção

Mas... para viver esse amor
É preciso mergulhar nesse oceano
E esse mar de sentimentos
É imenso em teus mistérios

Tem no verde a esperança
Refresca quem nele mergulha
Sufoca quem não o respeita
Alimenta quem nele habita

Sem comentários: