domingo, 2 de Dezembro de 2007

Poesia às mulheres lindas

Quando o mundo vê sua graça em friso
e seu andar preciso, sem notá-lo,
vira vício e vê como um aviso
que em volta de você voeja um halo
que deixa o poeta parvo e conciso e

quando o sorriso invade sua face,
todo o mundo simplesmente pára
só para apreciar antes que passe
a magia dessa beleza tão rara.

Mas se o pranto sua face invade e
as lágrimas tombam como setas,
o mundo pára ante tal maldade e
a acalma e a torna menos inquieta

Porém, se o tempo vem, e ciumento
se sustenta de sua simpatia,
sai ele sonso e em mais um momento o
mundo de você se delicia

E um dia quando alguém os olhos puser
em você, saberá com certeza
que essa princesa é o que ele quer
Pois não há no mundo maior realeza
que a beleza de uma linda mulher!

Sem comentários: