domingo, 27 de Julho de 2008

SER VOVÓ

Ser vovó é uma gostosa sensação!
É tanto o prazer que ora se sente,
Que parece ser revivido pelo ventre
E vai se dimensionar no coração.

As alegrias sentidas quando mãe
São portanto, redobradas agora,
Vez que amor intenso e profundo,
No peito da vovó, nasce, aflora.

No momento de nos braços segurar
Tão pequenino ser junto ao coração,
Uma lágrima rola feliz para lembrar,
Neste mistério, a sua participação.

Ser vovó é uma das alegrias do mundo,
Na vida de quem a vida amadureceu
E a tudo que na vida levou tão a sério,
Vai mostrar que muita coisa esqueceu.

Essa indulgência que agora lhe compraz
É que faz dizerem que avó estraga neto;
Mas quem assim diz um dia vai saber
E quem dera nesta hora estar por perto!

Sem comentários: